Artista que usou a simbologia maçônica

Nossa saudosa Hebe Camargo foi orientada no seu cenário a usar toda simbologia para atrair sucesso no seu retorno a TV.


Dentro da letra B foi incorporada a imagem da santa de sua devoção, mas seu cenário possui a três colunas maçônicas e o compasso.



Base da nossa filosofia e das nossas Lojas. as três Colunas.'., denominadas Colunas Jônica, Coluna Dórica e Colunas Coríntia, representando respectivamente a tríade SABEDORIA, FORÇA e BELEZA.


Hebe recebeu em seu programa a cantora Aline Barros que cantou a música inspirada no ritual de iniciação  maçon do terceiro grau, sai do caixão ou lapide.
Ela fez a invocação do Deus, que não é satanismo como pensam, falaremos sobre esta invocação do poder futuramente.


O cenário, as colunas o esquadro, tudo pronto para o ritual, se esquecer da música inspirada na iniciação do maçon.


Para iniciação no grau de Mestre Maçom, inclui deitar o candidato dentro de um caixão. e sair da cova, da lapide, sair das trevas para luz, nesta cerimônia é simulado o assassinato de Hiram Abiff.



Nesta cerimônia em particular, há a representação da escuridão e da luz, pois, o candidato à iniciação é tido como que em trevas e vai receber a luz na Maçonaria, recebe a luz do conhecimento, dos mistérios da Ordem, que modificarão sua vida para sempre.

Esta música é uma inspiração que revela a iniciação maçônica do terceiro grau, nela a pessoa revive a experiência de morte e é chamado para fora da lápide pelo mestre maçom, para renascer como um novo Maçon, saindo das trevas para luz.



"No Ritual de Iniciação, há uma transmutação, um renascimento interior, proporcionando uma nova percepção de si mesmo e do mundo. O iniciado passa por “provas”, como acontece com cada indivíduo durante sua vida. 
Por esse motivo, o símbolo maçônico da Iniciação é a morte – morrer para a vida profana e renascer para a Vida Maçônica. Morte e nascimento são dois aspectos entrelaçados e inseparáveis de toda mudança."

"Os Graus maçônicos são os degraus do conhecimento a serem alcançado pelo iniciado. 
Como todo processo de metamorfose, não há retrocesso para o iniciado. Uma vez maçom, sempre maçom. Transposto o portal que transmuta o indivíduo, ele jamais será o mesmo. O iniciado morre para uma realidade e renasce para outra dimensão de sabedoria." (Símbolos e Rituais Maçônicos – por Martha Follain )




Albert Mackey esclarece sobre a o ritual de Hiram Abiff:
...ensinar a imortalidade da alma. Esse ainda é o principal propósito do terceiro grau da Maçonaria. Esse é o escopo e objetivo do seu ritual. O Mestre maçom representa o homem, quando jovem, quando adulto, quando velho, e a vida que passa como sombras efêmeras, porém ressuscitado do túmulo da iniquidade, e despertado para uma outra e melhor existência. Por sua lenda e por todo seu ritual, é implícito que fomos redimidos da morte do pecado (...) o Mestre Maçom representa um homem salvo do túmulo da iniquidade, e ressuscitado para a fé da salvação.

A Lenda Hiram Abiff é um ritual maçônico de terceiro grau que surgiu como referência à construção do Templo de Salomão, quando o Rei Tiro, também chamado de Hirão, fez acordos comerciais com Salomão enviando para a Terra Santa ouro, prata, madeira de cipreste e cedro, pedreiros e o sábio Hiram Abiff. Ele era considerado o salvador dos Maçons e pregava o ritual de morte e ressurreição.

Durante a construção do Templo de Salomão, Hiram Abiff foi questionado por três vezes sobre esse ritual. Em duas delas negou-se revelar seus segredos. E em ambas as vezes acaba ferido. A terceira negativa veio pouco depois e dessa vez, seu segredo causou-lhe sua morte. Salomão decide investigar o que havia ocorrido e quando chega na tumba de Hiram Abiff, ele ressuscita.

3 comentários:

  1. Já desconfiava desta musica, mas não sabia seu real significado

    ResponderExcluir
  2. Se já ressucitastes com Cristo no batismo,porque deitar em um caixão para demonstrar que renascestes,seria o mesmo que circuncidar-se para demonstrar estar de acordo com a lei,desta forma decaís da graça os que tal o fazem.Se recebeis a luz do Espirito Santo porque precisais de uma outra iluminação?

    ResponderExcluir